top of page
  • Foto do escritorNova Amargosa FM

Norte-americano agride prostituta, se masturba na frente de PM, tenta roubar pistola e é preso


Um engenheiro de software norte-americano foi preso, em Salvador, após agredir uma profissional do sexo, no bairro do Rio Vermelho, na terça-feira (28). Durante a abordagem, ele tentou tomar a arma de policiais militares e se masturbou na frente deles. As informações são do portal g1.

O homem foi identificado como Zachary Modi Mikaya, de 29 anos de idade. Ele está em Salvador há quase um ano, trabalhando em home office. A Polícia detalhou que ele tem visto de visitante, que vence em 4 de abril.

O norte-americano acertou com a profissional do sexo um valor de R$ 1 mil pelo serviço. Entretanto, após o ato sexual, Mikaya se recusou a pagar o combinado e expulsou a mulher do imóvel em que estavam. A profissional, então, chamou a polícia para denunciar a violência sexual mediante fraude, já que ele não pagou pelo serviço dela.

Os policiais entraram no imóvel e encontraram o norte-americano “transtornado” e sem roupa. A suspeita é de que ele estava sob efeito de entorpecentes, já que uma grande quantidade de cocaína e LSD foram encontrados no quarto dele.

Com a chegada da Polícia, o homem tentou agrediu a profissional do sexo. Mikaya tentou enforcá-la com as mãos e a vítima foi socorrida pelos policiais. Depois disso, ele tentou tomar a pistola de dois militares, que conseguiram impedir que ele pegasse o armamento.

Os militares pediram para que ele vestisse uma roupa, para levá-lo à delegacia. O homem, então, passou a se masturbar na frente dos policiais. Ele foi levado para a Delegacia do Rio Vermelho, onde segue nesta quarta-feira (29).

Na unidade policial, ele foi autuado pelos crimes de resistência e desobediência, ato obsceno, consumo de drogas e violação sexual mediante fraude. O homem passará por audiência de custódia. Dois oficiais do consulado norte-americano acompanham o caso. (BN)

174 visualizações0 comentário

Comentários


bottom of page