top of page
  • Foto do escritorNova Amargosa FM

Mulher morre após ter intoxicação alimentar; onde ela comeu tinha pratos contaminados com Salmonela


Uma mulher morreu na terça-feira (14), dias após ser diagnosticada com intoxicação alimentar em Jacobina, no norte da Bahia. Ela foi uma das centenas de pessoas que procuraram a Unidade de Pronto Atendimento (UPA), depois de comer pratos contaminados com salmonella.

Os casos de intoxicação alimentar começaram a aparecer em Jacobina entre os dias 31 de janeiro e 1º de fevereiro. A maioria das pessoas que apresentavam os sintomas eram professores da rede pública de educação que haviam participado de uma jornada pedagógica, evento que marcava a abertura das aulas no município. Por causa da contaminação coletiva, o retorno das aulas foi atrasado e os alunos só voltaram a estudar nesta quarta-feira (15).

Thank you for watching

A vítima Neuraci de Jesus dos Santos, de 49 anos, não é professora da rede pública e não participou da jornada pedagógica. Ela consumiu o alimento contaminado no próprio restaurante, no mesmo dia em que os professores comeram o prato no evento.

De acordo com a família de Neuraci, ela foi atendida três vezes na UPA da cidade e, por causa da gravidade do caso, foi transferida para o Hospital Roberto Santos, em Salvador. Com fortes dores abdominais e nas pernas, ela ficou internada durante dias e teve as duas pernas amputadas. Apesar dos esforços, ela não resistiu.

A família da vítima aguarda o laudo pericial, que irá comprovar a causa da morte de Neuraci.


O que é salmonella?

De acordo com o Ministério da Saúde, a salmonella é uma bactéria que pode causar intoxicação alimentar, infecção e, em alguns casos, até mesmo a morte. A via de transmissão da salmonella é através de alimentos contaminados por fezes de animais que tenham a bactéria.


E por mais que pareça improvável ingerir um alimento contaminado por fezes, isso não é difícil de acontecer. Comer carnes e ovos crus, não lavar as mãos ao preparar comidas ou ingerir água contaminada são algumas formas de contrair a bactéria.


Normalmente, a bactéria é encontrada em galinhas, porcos, répteis, anfíbios e vacas, embora ela também possa ser achada em animais domésticos, como cachorros e gatos.


Os sintomas normalmente são:

  • Diarreia;

  • Vômitos;

  • Febre moderada;

  • Dor abdominal;

  • Mal estar geral;

  • Cansaço;

  • Perda de apetite;

  • Calafrios.

O Ministério da Saúde recomenda que, após apresentar os sintomas, o paciente vá até uma unidade de saúde para receber orientações médicas. Normalmente, é feita a coleta de fezes para confirmar o diagnóstico e o paciente é tratado com antibiótico. Durante o processo, é fundamental se manter hidratado com bastante água. G1 Bahia

155 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page