• Nova Amargosa FM

Mulher é condenada a mais de 12 anos de prisão por matar bebê de 45 dias na Bahia


Uma mulher foi condenada a 12 anos e quatro meses de prisão por ter matado um bebê de 45 dias, no ano de 2002, no município de Iuiú, no sudoeste da Bahia.

Conforme informações do Ministério Público Estadual (MP-BA) nesta quarta-feira (23), o júri foi realizado na segunda-feira (21). A acusada, Elizabete de Souza Castro teria usado uma navalha para matar a bebê, do sexo feminino.

Segundo o MP, o marido de Elizabete teria tido um caso amoroso fora do casamento, que resultou o nascimento da vítima.

Com relação ao crime, o órgão estadual detalhou que Elizabete de Souza Castro foi à casa da mãe da recém-nascida, em 3 de julho de 2002, e pediu para levar a bebê. O objetivo seria fazer um exame de DNA para certificar-se de que o marido dela era o pai da criança.

Ainda segundo o MP-BA, Elizabete já havia sido condenada em um Tribunal do Júri ocorrido em março de 2019, que foi anulado em razão de erro na apresentação de quesitos ou de perguntas feita pelos jurados.

Ela vai cumprir a pena em regime fechado. A acusação foi feita no júri pelo promotor de Justiça Alex Bezerra Bacelar. (G1)

113 visualizações0 comentário