top of page
  • Foto do escritorNova Amargosa FM

EUA autorizam ‘teste do bafômetro’ para covid-19


A FDA, órgão de saúde dos Estados Unidos, autorizou o uso emergencial para um teste de covid-19 feito a partir da respiração, como uma espécie de “teste do bafômetro”. A tecnologia é capaz de detectar compostos químicos associados ao SARS-CoV-2, vírus responsável por desencadear a doença.

A ideia é que o teste, que ganhou o nome de InspectIR, seja utilizado principalmente em consultórios médicos e postos de testes móveis. Segundo o comunicado da FDA, divulgado na quarta-feira 14, a aplicação deve ser conduzida por um operador qualificado e treinado sob a supervisão de um profissional de saúde.

“A autorização é mais um exemplo da rápida inovação que ocorre com testes de diagnóstico para covid-19. A FDA continua apoiando o desenvolvimento de novos testes de covid-19 com o objetivo de avançar tecnologias que possam ajudar a enfrentar a atual pandemia”, anunciou um dos diretores da agência Jeff Shuren.

O teste funciona a partir de uma técnica que separa e identifica misturas químicas e detecta em até três minutos alguns compostos orgânicos associados à infecção por SARS-CoV-2.


Quando a invenção detecta a presença desses marcadores, um resultado positivo aparece. No entanto, trata-se apenas de uma estimativa; a pessoa deve confirmar o diagnóstico por meio de um teste molecular.


Para validar o desempenho do bafômetro InspectIR, uma equipe de cientistas conduziu um estudo com 2,4 mil indivíduos, com ou sem sintomas de covid-19.

No estudo, o teste mostrou uma precisão superior a 90% em detectar amostras positivas e 99% em detectar amostras negativas. Com a autorização emergencial, a empresa responsável espera poder produzir aproximadamente 100 equipamentos por semana.


Revista Oeste

49 visualizações0 comentário

Comentários


bottom of page