top of page
  • Nova Amargosa FM

Atualização: Até o momento, Amargosa possui 10 desabrigados


Na manhã desta segunda-feira (26), equipes das secretarias de Assistência Social e de Infraestrutura se reuniram como o objetivo de alinhar procedimentos e ações para garantir a segurança e o melhor acolhimento das pessoas que ficaram desabrigadas com a chuva que cai no município desde o último sábado. As equipes estão trabalhando em regime de plantão e sobreaviso, apesar do recesso.



A zona rural de Amargosa foi a mais atingida devido a alta do Rio Ribeirão que teve chuva forte em sua nascente (Nova Itarana) na última sexta-feira (23). Isso fez com que o volume de água que chegou em Amargosa fosse muito grande, causando o bloqueio das seguintes pontes: Ponte do Cavaco, Ponte do Timbó, Ponte da Serra do Ribeirão, Ponte do Tamanduá e Ponte do Ribeirão dos Caldeirões. Até o momento, Amargosa possui 10 desabrigados e algumas famílias ilhadas devido à falta de acesso.



Com o rio baixando, pontes e estradas já começam a ser liberadas e as equipes da SEMOP já podem atuar na limpeza dessas áreas. Na Ponte da Serra do Ribeirão será necessária uma intervenção maior porque ela perdeu a cabeceira e é preciso aguardar o volume de água baixar para o serviço ser realizado. No Timbó, a equipe da SEMOP está trabalhando para liberar o acesso, o mesmo se aplica a região do Tamanduá. Em Correntina, onde houve a queda de alguns barrancos, as equipes também estão programadas para atuar e dar acessibilidade aos moradores.



Já existem dois abrigos públicos preparados (zona rural e sede), porém eles são provisórios. Por isso, a prefeitura está cadastrando os contatos de pessoas que tenham imóveis disponíveis para serem alugados às famílias desabrigadas. O cadastro deve ser feito pelo WhatsApp (75) 9 8102-5580.



As pessoas que estiverem em situação de emergência devem entrar em contato com a prefeitura pelo telefone 153. Será feito um cadastro e solicitado o deslocamento das equipes da SEMOP e SEMAS caso haja necessidade.


Com informações da DICOM/ Amargosa

138 visualizações0 comentário
bottom of page